Arquivo da tag: arte

Palavras que viram imagens

Tanto a língua Inglesa como a Portuguesa contém mais de milhão de palavras. Mesmo assim existem certos sentimentos ou emoções que não podem ser traduzidas para nenhum dos dois idiomas.

Pensando nisso, a artista britânica Marija Tiurina criou uma série de lindos desenhos que chamou de “Untranslatable Words” (Palavras intraduzíveis). As suas ilustrações captam o sentido que nenhuma palavra poderia traduzir.

palavras fofas_blog

Confira abaixo nossas favoritas com as explicações da autora:

Português Brasileiro: Pela terceira vez na minha vida, eu fui pego em deslumbramento, eu tropecei sob o coração de uma menina bonita e, impotente, fiquei preso em seu olhar, agora mais nada importava além de seus lindos cachos. As pessoas podem dizer que isso é loucura, “não é nada seu bobo, é apenas a fase da lua de mel”, mas eu não acredito neles nem por um dia, eu vou correr meus dedos pelo seu cabelo e fazer “Cafuné”.

palavras fofas_blog1

Norueguês: De picles e azeitonas para tomates suculentos, de queijo e manteiga de peru para ervas, da beterraba e verduras para fatias de batata, seu estômago todas estas coisas juntas  se encherá. Então não é grande que a maioria das coisas ao redor, de alho para a mostarda para o presunto pela libra, se ele se encaixa em algum pão, se uma cenoura ou um ovo, então se encaixa na categoria de “Palegg”.

palavras fofas_blog2

Árabe: Água sem forma é força e calma, ao mesmo tempo tão tranquilo, e depois uma tempestade, ela sustenta nossas vidas, mas em pouco tempo, pode cortar através de falésias, fazendo gasta a pedra, a areia, em todos os tamanhos diferentes, água em si está cheia de surpresas, o que a água encaixa em duas mãos, se drena ou sobe, é conhecido como um “Gufra”, que vem em todos os tamanhos diferentes!

palavras fofas_blog3

Iídiche: Uma manhã ela acordou com um sorriso no rosto, mas rapidamente ela tropeçou e despedaçou seu melhor vaso, ela caiu em linha reta da graça, e sua fortuna tornou-se nada mais um sabor ruim. Durante anos a fio, ela sofreu má sorte, sua casa foi incendiada e ela bateu seu caminhão, o quão doloroso, como é triste, sua fortuna estava desgrenhada, e agora e para sempre, ela é conhecida como uma “Schlimazl!”.

palavras fofas_blog4

Espanhol: Há um poder oculto, no fundo da tinta, no fundo da música e palavras e tal, este poder pode levar uma pessoa a desmaiar, simplesmente exibindo as pinceladas de um pincel, os espanhóis chamam de “Duende”, esse segredo, morna vibração, que acelera o coração e faz músculos estremecerem. Se a arte pode evocar tais sentimentos de admiração, então a arte deve ser conectada a algum bicho espiritual.

palavras fofas_blog5

Japonês: Hoje é meu dia, eu estou livre de todo o medo! Neste mundo de hoje eu não poderia me preocupar, meu corpo é saudável, minha consciência está limpa, eu vou começar este dia de folga cortando meu cabelo! Primeiro cortar as costeletas, essas tesouras são presas, famintas por emaranhados e fibras e franjas, espere, desacelere Senhor Barbeiro, você vai arruinar a minha história! Oh ótimo, parece que este corte de cabelo é um “Age-Otori”.

palavras fofas_blog6

Francês: Nós todos sabemos o sentimento: um súbito calafrio, que parte dos telhados e lugares altos, traz-nos perplexidade, nos faz corar, nos faz querer dar um mergulho. Talvez uma máscara do passado instinto, nós éramos uma vez pássaros, muito lento e rápido, e agora um resquício daquela vontade de voar livre, apresenta-se como “L’appel Duvide”.

palavras fofas_blog7

Para conferir mais imagens, veja o post original em inglês no Bored Panda..

O mundo de bolinhas coloridas

Uma exposição imperdível é a “Obsessão Infinita” da surpreendente artista japonesa Yayoi Kusama que conquistou a cena mundial de arte contemporânea com performances, videoarte, filmes, pintura, desenho, escultura, instalação, moda, poesia, ficção e “happenings” ao longo de cerca de seis décadas de carreira.

A exibição conta com mais de cem obras trazendo de forma ampla o universo particular desta artista, que vive em um hospital psiquiátrico no Japão desde 1977. Na exposição você passeia por bolas sobre fundos monocromáticos de cores vibrantes, projeções de luz e vários dots (pontos, obsessão da artista) e muita muita cor!

Você perdeu a chance de visitar a amostra no Rio? Não desanime! Ela ainda vai passar por Brasília, de 17 de fevereiro a 27 de abril, e São Paulo, de 21 de maio a 27 de julho.

PicMonkey Collage Yayoi Kusama

.