Cumprimentos ao redor do mundo

comprimentos_blog

É sempre bom conhecer um pouco dos modos e costumes que cada país tem antes mesmo de chegar lá. Existem as mais diversas formas de cumprimentos entre as pessoas, ao redor do mundo.  São gestos ou palavras que caracterizam aqueles que possuem crenças e valores diferentes dos que conhecemos.

Abaixo listamos alguns exemplos de como as pessoas se cumprimentam em outros países:

 

Índia: Namastê

Namastê, traduzido é “curvo-me perante ti”, e expressa um grande sentimento de respeito, invoca a percepção de que todos os indivíduos compartilham da mesma essência, da mesma energia, do mesmo universo. A saudação originou-se na Índia e hoje é também bastante usada no Nepal e entre hinduístas. Ao pronunciar a palavra, a pessoa junta as palmas da mão e as aproxima ao coração, curvando o corpo levemente para frente. Segundo estudiosos, é um cumprimento através do qual as pessoas reconhecem as almas uns das outras. Sua origem está na crença de que uma “centelha divina” está localizada no “chakra” do coração de todos.

 

Nova Zelândia: Hongi

comprimentos_blog_maiori

Os Maori são aborígenes (habitantes originais) da Nova Zelândia. Eles chegaram ao país, que costumava chamar-se Aotearoa – na língua maori – há mais de mil anos. O cumprimento tradicional dos Maoris é o Hongi que, em tradução livre significa “o compartilhar do sopro da vida” e é feito quando as pessoas se encontram. Nesse momento elas se tocam ou esfregam o nariz contra o da outra pessoa. Esse gesto representa, além da respiração do mesmo ar, a união das mentes.

 

Alaska, Groenlândia e Sibéria: Kunik

O famoso beijo de esquimó acontece de verdade! O cumprimento conhecido como kunik é uma tradição esquimó que envolve cheirar as bochechas, nariz e testa de amigos e familiares ao invés de esfregar o nariz contra o da pessoa que se deseja saudar, como pensamos ser. Este cumprimento é um sinal de afeição, no qual a pessoa aperta seu nariz e lábio superior contra a pele de pessoas queridas para sentir o seu perfume.

 

Japão: Ojigi

comprimentos_blog_Ojigi

Curvar-se é a forma mais tradicional e comum de homens, mulheres e crianças ao cumprimentarem uns aos outros, já que o aperto de mãos é uma prática estranha na cultura japonesa. Essa reverência varia entre acenos de cabeça sutis e informais entre amigos, até curvaturas de 90 graus ao dirigir-se a alguém de alto status social. Reverências longas são símbolos de cuidado e respeito e são feitas com as costas retas e os olhos voltados para o chão. Homens deixam as mãos ao lado do corpo enquanto mulheres apertam suas mãos uma contra a outra.

 

Rússia: Abraço apertado e beijo

Os russos apertam as mãos firmemente, logo em seguida, abraçam a outra pessoa bem apertado (abraço tipo urso) e beijam, alternando as bochechas, 2 ou 3 vezes.

 

Malásia: I greet you from my heart

Esticam-se as suas mãos e tocam as pontas dos dedos da outra pessoa. Depois eles trazem suas mãos para o coração num lindo gesto que significa “I greet you from my heart” “Cumprimento você de coração!” O interessante é que somente pessoas do mesmo sexo cumprimentam-se assim.

 

Oriente Médio: Salaam aleikum

Nos países islâmicos, principalmente, o cumprimento tradicional é feito só com a mão direita, tocando o coração, depois a testa e, por último, faz-se um meneio no ar, para cima da cabeça. Os gestos são acompanhados das palavras que dão nome à saudação: salaam aleikum (o famoso “salamaleico”), que significa “que a paz esteja convosco”.

 

Havaí: Aloha

comprimentos_blog_aloha

Cumprimento para quem é do surf. O gesto de shaka, conhecido como hang loose é um gesto efetuado com uma das mãos com o dedo polegar e mindinhos pra cima, e o resto fechado, formando um gesto parecido com a letra Y. Pode ser acompanhado com um movimento similar a um tchau. Esse cumprimento surgiu quando um surfista que possuía apenas os dedos polegar e mínimo acenava para os nativos depois de se arriscar nas altas ondas do Havaí.

 

Itália, França, Brasil e Argentina: Beijinho na bochecha

A troca de beijo no rosto entre homens, familiares e amigos é bem corriqueira, que variam de dois a três beijos na bochecha. Mas em geral essa é uma saudação mais comum entre as mulheres.

 

Quer ver de perto esses costumes? Marque seu intercâmbio com um dos consultores da Yázigi Travel!

comprimentos_blog_gif

 

Fonte: YázigiTravel.